Punção Lombar: indicações e contraindicações

A Punção Lombar Diagnóstica é um dos exames diagnósticos invasivos mais comumente realizados na medicina. A avaliação de um quadro de cefaleia aguda e a investigação de doenças inflamatórias ou infecciosas do sistema nervoso são as indicações mais comuns.

No entanto, seu valor relativo para o diagnóstico de condições do sistema nervoso central (SNC), além da infecção, diminuiu à medida que novos métodos diagnósticos, especialmente técnicas de imagem, apareceram. Assim, o advento da tomografia computadorizada permitiu a identificação de lesões cerebrais que colocariam um paciente em risco de hérnia tentorial.

l INDICAÇÕES PARA PUNÇÃO LOMBAR l
– Para excluir hemorragia subaracnóidea em cefaleia grave aguda
– Investigar ou excluir meningite
• Bacteriana
• Viral
• Tuberculosa
• Criptocócica
• Química
• Carcinomatosa

Para investigar distúrbios neurológicos
• Esclerose múltipla
• Sarcoidose
Guillain Barré, polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica
• Distúrbios mitocondriais
• Leucoencefalopatia
• Síndromes Paraneoplásicas

Para demonstrar e gerenciar distúrbios da pressão intracraniana
• Hipotensão intracraniana espontânea

l CONTRAINDICAÇÕES PARA PUNÇÃO LOMBAR l
Absoluta
• Possível hipertensão intracraniana. A PL pode levar à herniação cerebral através do forame magno e morte.

Relativas
• Trombocitopenia ou outro distúrbio hemorrágico (incluindo terapia anticoagulante em curso).
• Infecção no local da punção.

REFERÊNCIA
Série Manuais Terzius. Manual do curso Habilidades Médicas I. Instituto Terzius, Campinas, Volume 1, 2018.

Deixe um comentário

carrossel_06-complementar_02